ABERTA

Um amigo meu (desses que é muito sensível à energia dos outros) me disse que eu estou muito “apaixonável”. E é verdade. Não necessariamente no sentido tradicional. Estou apaixonável por práticas, entidades, lugares, profissões… Etc. Quer dizer, estou aberta.
Bom, se você me conhece (ou se leu os últimos textos deste blog) sabe que eu ando numa baita fossa e pode achar esse papo romântico demais para ser verdade. Mas a questão é que eu sou uma montanha russa e vou do sublime-amor-ao-próximo ao terrível-instinto-suicida em poucos segundos. E, em ambos os casos, eu estou aberta.
Neste momento eu estou bem. E (crises, neuras e solidão à parte) gosto da vida que estou levando. Faço o curso que me arrisquei a fazer e estou aprendendo muito. Tive coragem o suficiente para entrar num grupo já estruturado, que poderia ter sido cruel, mas que me adotou completamente. Sou parte de uma família nova.
Abri espaço na minha vida para um desafio novo que é jogar basquete. E, por mais que isso pareça bobagem, a medalha que eu trouxe para casa representa muito mais do que parece: sei que estou longe de jogar bem, e que meu time conquistaria o ouro sem mim – não é esse o ponto. Há menos de um ano ninguém diria que eu poderia competir. Ou mesmo que eu teria estrutura pra treinar. Eu mesma morria de medo de ser humilhada pelas outras jogadoras. Fui uma criança sem machucados, sem brincar na rua. Fui uma adolescente de biblioteca. Me orgulho de tudo o que me trouxe até aqui, mas decidi que eu queria mais – e as pessoas riram da minha cara.

Por isso o tempo que eu entrei em quadra pode parecer pouco pros outros, mas é fantástico pra mim. A medalha que eu trouxe pode ser uma bobagem pra quem olha, mas é o símbolo de uma das maiores conquistas dos meus 20 anos: enfrentar a mim mesma.
Estou arrumando meu quarto e olho ao redor. Estar apaixonável é estar minimamente arrumada para receber visitas. Não é só sobre o outro. Não é só sobre si mesma. Se a solidão me atormenta, fico feliz por saber O QUE me atormenta. Não a nada pior do que combater inimigos invisíveis. Se tenho estado estressada, cheia de coisas por terminar, fico feliz por ter forças pra cada um desses projetos. Não há nada pior do que estar cansada de si mesma.
Estou triste por caminhar sozinha e me sentir desinteressante at all, mas estou feliz por ainda caminhar, por ainda sentir.
E, MESMO QUE NINGUÉM QUEIRA ENTRAR, EU ESTOU DE PORTAS ABERTAS.
Estou pronta para receber outro ser humano. Outro amigo ou outro amor. Estou aberta. Se já enfrento a mim mesma não há o que temer quanto aos outros. A você que chega agora na minha vida: seja bem vindo. Estou de portas, braços, coração e webpage abertos para você. Seja você quem for. Pode ser que ninguém apareça e eu chore sozinha quando o sol se puser… mas esse é outro problema.
Anúncios

Sobre mafaldamaya

Garota meio verborrágica, meio não mais garota, meio nem sei mais...
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

6 respostas para ABERTA

  1. Anonymous disse:

    Oi, td bem???Acheiii lindo demais o q vc escreveu!! Tmb me sinto assim! É uma sensação muito gostosa!! Com esse estado, tive como resultado um novo grupod e amigos que infelizmente nao havia descoberto antes… se bobiar, essas amizades ficarao um bom tempo comigo.. e olha só… junto com essa samizades, talvez venha uma outra pessoa… um novo relacionamento… Vc escreveu uma coisa que AMEI!Se vc se enfrenta, nao teve temer outra pessoa… Queria agradecer por essa visão…rsUm beijoo!!!!

  2. Rob disse:

    Oierealmente tenho que concordar com o anônimo acima/abaixo 0.0…seu blog ta 10,muito bom,bjxxx

  3. ART&TAL disse:

    heia meninaé feia porque?

  4. Luiz disse:

    “… e se eu pudesse entrar na sua vida?”

  5. Anonymous disse:

    Fiquei preocupado com os ultimos posts no seu blog… espero que você esteja melhor. Confesso que me assustei com tudo que li, principalmente o “confesso”… cuide-se e tente parar de procurar desesperadamente aquilo que nem você sabe direito o que é… procure primeiro descobir o que você quer achar… poupa energia, sabia?

  6. Anonymous disse:

    intiresno muito, obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s