Arquivo da tag: poéticos

CHUVA

Texto escrito à quatro mãos com a ajuda da nova (porém querida) amiga Renata Stort! Da uma espiada no blog dela que legal: Eu posso voar! Aqui nesta pequena cidade onde o sol parece sempre nascer sorrindo, exceto em época … Continuar lendo

Publicado em Conto | Marcado com , | Deixe um comentário

CASA

Tinha alguma coisa… eu lembro. Alguma coisa que sustentava a casa. Que unia os tijolos. Havia algo mais fora sonhos e visitas. Havia uma alma intrínseca à habitação. E era isso que mantinha o pulso contínuo. Mesmo no inverno, quando … Continuar lendo

Publicado em Conto | Marcado com , , | Deixe um comentário

SORRISO VERDADEIRO

Dois homens lado a lado. Similar humanidade, estrutura e conceito. O mesmo som.Um deles me diz, com orgulho: “Você já me viu sorrindo?”Nunca. Sorrisos mecânicos, estratégicos e caricatos. Mas nem unzinho verdadeiro. Nunca.Que tipo de pessoa se orgulha de não … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 2 Comentários

MARIA

Feito de sopetão para Maria Quitéria MariaQue queres Quitéria?Que força, e que dom?O que tens pra mim, Maria?Quando me beijas a testa e diz “Vai”Quitéria, Maria, menina Que me insufla sua força e me toma as mãosQue me diz que … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário

PENA

Estou leve como uma pena E bamba Serena Foram teus braços, A pele macia. Foram os seus cinco anos Disfarçados de vinte e sete E seu olhar de vampiro Não posso te dizer Onde anda minha cabeça Quando estou ao … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 1 Comentário

MÁGOA

O que eu faço com toda essa mágoa? Posso brincar de massinha! Fazer com ela um soldado bem feio e esmagá-lo debaixo do meu pé. Posso fazer uma bola bem perfeitinha e depois tacá-la contra a parede. Daí aproveito e … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário

SOL NASCENTE

Você tem esse olhar de menino e esses ossos firmes que homem feito. (Adoro o nascer do Sol!) Esse jogo de esconde-esconde me diverte, me distrai… What a lovely headache you are! Tudo o que eu preciso agora é alguma … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário